Li, e ai?: Alameda dos Pesadelos

Mais uma vez, Karen Alvares consegue nos surpreender. Em seu primeiro romance – escrito antes de todos os contos recém-lançados (confira a crítica de Horror em Gotas aqui) -, a autora constrói uma narrativa envolvente e simplesmente de tirar o fôlego. Parar de ler é quase impossível e cada página nos joga para tensão e reviravoltas.

Em Alameda dos Pesadelos, acompanhamos Vívian em seu dia-a-dia comum na cidade, vivendo entre o trabalho e sua própria casa. Mãe solteira, não sabemos que ela guarda ressentimentos a respeito da própria vida até ela encontrar, ao acaso, o ex-namorado no meio da multidão que costuma esperar o ponto de ônibus. A partir daí, realidade e delírio começam a se fundir de um modo inesperado e bastante instigante, seguindo para um desfecho realmente surpreendente.

Leitura recomendada, sem sombra de dúvidas! Para saber mais, só dar o play ;D