Li, e ai?: A Lista Negra

Certos estilos literários nos chamam a atenção sem esforço nenhum. No meu caso, distopias e desastres sempre ganham um espacinho especial na lista. Não que eu aprecie imaginar cenários catastróficos aplicados a nossa realidade, mas principalmente pela forma como histórias com estas vertentes tendem a ter um bom desenvolvimento de personagens e do ser humano como um todo (ou ter grande potencial para assim proceder!).

A Lista Negra ganhou meu interesse assim que vi o vídeo-resenha da GarotaIt. A forma como a Pam falou a respeito da história fez com que minha curiosidade ficasse cada vez maior, principalmente por que ele aborda um cenário semelhante – embora muito diferente – de um dos meus livros favoritos: Precisamos Falar Sobre Kevin.

Enfim, depois de muita procura, consegui adicionar A Lista Negra a minha lista de livros comprados, tal qual a de livros lidos.

Só dar o play e ver o que achei a respeito deste livro que, sim, é um YA, mas que trata de um assunto tão profundo de forma tão bem construída.