Guia de Bolso: Aluguel de carro (+ dirigir em Orlando)

Uma das maiores dúvidas quando falo da viagem engloba o aluguel de carro e como é dirigir nos EUA
 
Como somente aluguei carro em Orlando, minha resposta é vinculada a esta cidade mágica e maravilhosa, mas acho que se resume a basicamente a maioria das cidades americanas – exceto New York, que, por Deus, tem um trânsito pior que o da Marginal no horário de pico e que você não precisa enfrentar.
 
Para ajudar você que tem dúvidas, assim como eu tive, juntei algumas perguntinhas mais comuns logo abaixo. E caso você seja apressadinho e queria saber: sim, dirigir nos Estados Unidos é muito fácil. 
 
 
 aluguel

– Quais documentos preciso portar para poder dirigir nos Estados Unidos?
Para dirigir nos Estados Unidos você precisa portar única e exclusivamente sua Carteira de Habilitação Nacional com data de validade que não expire 6 meses a contar dos dias que você estará com o carro alugado; 
 
 
– Todos os carros são automáticos? 
Sim! E isso já é uma benção para dirigir. Caso você desconheça, é facinho: só colocar no D para dirigir, no R para dar ré e no P para deixar estacionado (sendo que para mover o câmbio tem que pisar no freio, ok?). 
 
CAMBIO
 
– Onde posso alugar meu carro?
Há diversas locadoras. Hertz e Alamo são as mais famosas (e que existem no Brasil). Eu aluguei pela SIXT. Adorei o serviço e o modelo de carro que me ofereceram. 
 
 
– Qual operadora oferece um serviço de locação mais barato?
Depende de muitos fatores. Por isso, o melhor é pesquisar, pesquisar, pesquisar. Sites como o Rental Cars funcionam como uma espécie de Buscapé para carros e dá para ter uma idéia – mas sempre recomendo validar os valores no site da locadora, que muitas vezes tendem a ser mais barato. 
 
– Eu escolho o modelo do carro?
Não. Ao fechar uma locação você fecha a categoria do carro. Ou seja, receberá um carro compacto, um SUV e por ai vai. O modelo do carro varia de acordo com o que estiver disponível no dia da sua retirada. Pode, inclusive, haver upgrades gratuitos no caso de ausência de automóveis dentro da categoria que você reservou. 
Para saber quais carros pertencem a cada categoria, basta acessar a lista disponível dentro do site de cada locadora.  
 
CARRO 
– É importante contratar os seguros?
Bom, na minha opinião, o seguro morreu de velho. Portanto, SIM! Feche todos os seguros para evitar maiores dores de cabeça em troca de alguns dólares poupados.
 
 
– E como me encontro por lá?
Tenha um GPS! 
Normalmente, os sites recomendam que você só compre se for ficar mais de 8 dias, mas, na minha opinião de mão de vaca, vale a pena comprar sempre. Isso por que você pode chegar no Brasil e vender caso não use. Mesmo que venda exatamente pelo preço que pagou, você terá o seu dinheiro de volta, coisa que não acontece no caso do aluguel. 
A BestBuy mais próxima fica próxima ao Florida Mall. Na hora de retirar o carro, peça para a atendente imprimir um mapinha do GoogleMaps para você chegar até o shopping e compre seu GPS lá! (se se perder, como eu, a região é cheia de postos de gasolina e dá para parar e perguntar).
 
– Dirigir nos EUA é difícil? 
Absolutamente não! Veja bem, eu tirei minha carteira de motorista em 2007, todavia, desde então pouco peguei em um carro. Não sofri nem um pouco em dirigir em Orlando. As vias são amplas, o asfalto parece um carpete e você nunca precisará fazer baliza, visto que todos os lugares têm milhões de vagas; 
 
 
– Mas há alguma coisa a qual eu deva me atentar? 
Bom, a maior “dificuldade” que enfrentei foram: as saídas e o monte de faróis em cruzamentos. 
Nas estradas, há muitas saídas (sempre a direita) que aparecem do nada. Então mantenha-se sempre atento ao seu GPS e, de preferência, fique nas pistas do meio, pois não haverá aquela surpresa e necessidade de mudar de pista em cima da hora. 
Já nos cruzamentos, fique atento ao farol referente a sua pista. Lá raramente um cruzamento é simples como aqui. Há pistas que vão só para a esquerda, outras que vão na diagonal e outras que vão reto. Parece complexo, mas juro que não é! Um pouco de atenção e um diazinho dirigindo resolvem tudo 😉
 
 
– É necessário alugar um carro em Orlando?
Eu fiquei com essa dúvida durante muitos dias até me render. Orlando é uma cidade onde tudo é longe para quem está a pé e tudo é perto para quem estar de carro. 
Depender de ônibus é desconfortável e pouco amável para seus pés que, depois de um dia inteiro de parque, vão estar implorando por descanso o mais rápido possível. E táxis são caros (minha vó ficou um dia sozinha e foi até o outlet e voltou. Deu 30 dólares, ida e volta, mas o outlet era bem próximo ao hotel). 
O aluguel em Orlando é barato e compensa, ainda mais se dividido por todos da viagem. Aluguem! 

DICAS

Acho que é isso! 
Qualquer dúvida, deixem no box de comentários e adorarei ajudar vocês ;DD
#boraviajar

Comentários